Blog

mito-verdade (1)

Marmita fresca é mais saudável que congelada:

Mito, o valor nutricional da sua marmita vai depender do tipo de alimento, o modo de preparo e o processo de congelamento escolhidos.

Se todos os itens foram selecionados e feitos de maneira adequada e correta, como aqui na Lucco fit, então a sua marmita congelada é tão saudável quanto uma fresca.




Recongelar a minha marmita é ruim:

Verdade, todos os alimentos têm uma carga microbiana (Bactérias), quando congeladas os microorganismos param de crescer e atuar.

No entanto, quando descongeladas, esses micro-organismos voltam à ativa e se multiplicam, tornando a preparação imprópria para o recongelamento, uma vez que teria uma carga microbiana mais alta.

Marmita congelada tem validade:

Verdade, apesar de o frio ser um método de conservação extremamente eficiente, ele não é infalível. Por isso, marmitas congeladas tem validade de 3 meses, pois assim garante a segurança higiênica e sanitária da sua refeição.

Comida congelada é ultra processado:

Mito, nos dias atuais existem opções saudáveis com ingredientes minimamente processados e/ou próximo do seu estado natural.

Pesquise e se informe se o local onde você comprará a marmita utiliza ingredientes de qualidade, como na Lucco fit.

Na hora de escolher a sua marmita, leia o rótulo, procure por aditivos ou conservantes que são desnecessários.

Uma dica válida é que se na lista de ingredientes houverem nomes diferentes e estranhos, provavelmente não será a opção mais saudável.



Não é seguro descongelar a marmita em temperatura ambiente:

Verdade, o descongelamento correto da marmita deve ser feito no micro-ondas ou no banho maria. Se realizado de forma incorreta, como descongelar em temperatura ambiente, você pode comprometer a sua refeição, pois dessa forma causará a multiplicação das bactérias, presentes na refeição.

Marmitas congeladas e saudáveis não são gostosas:

Mito, o sabor da sua marmita vai depender de como o preparo é feito e dos ingredientes que são utilizados, por isso opte por temperos naturais e diversificados.

Marmitas são apenas para pessoas com o orçamento apertado:

Mito, apesar de ser sim uma opção mais barata do que comer em restaurantes, levar refeições de casa não é sinônimo de orçamento apertado. Muito pelo ao contrário, muitas pessoas levam as suas refeições com o objetivo de ter uma alimentação balanceada e prática.

O conceito de “marmitar” vai muito além da situação econômica de um indivíduo.




Marmitas congeladas têm muito sódio:

Mito, no passado essa afirmação era até verdade, mas nos últimos tempos com a procura de uma alimentação mais saudável e balanceada. As indústrias procuram diminuir o teor de sódio dos seus produtos. No entanto, é recomendável ler o rótulo dos alimentos, assim você consegue se informar.

Esquentar marmitas no micro-ondas é seguro:

Verdade, a maioria das indústrias que vendem refeições congeladas utilizam embalagens seguras para o aquecimento. No entanto, sempre é válido ler o rótulo da embalagem para assegurar que sejam BPA free.

Marmitas congeladas podem ser para todo público:

Verdade, apesar de muitos acharem que levar marmita para o trabalho é para pessoas que querem perder peso ou que tem o orçamento apertado, o público vai mais além.

Pessoas que trabalham o dia inteiro e que não querem cozinhar quando chegam em casa… Pessoas que têm dificuldade em se aventurar na cozinha, ou aquelas que precisam de praticidade no seu dia a dia.

Todos estes são públicos que aderem a ideia de comer marmitas.



Marmitas congeladas são uma boa opção para controle de porção:

Verdade, para as pessoas que estão procurando emagrecer e tem uma porção específica de alimentos.

As marmitas acabam sendo uma boa ferramenta para controlar a quantidade de comida.

Marmitas ajudam a reduzir o desperdício:

Verdade, quem nunca comeu “com os olhos” em um restaurante e acabou deixando sobras no prato?

Essas sobras acabam indo para o lixo e piora a situação do desperdício no país.

No caso da marmita, você compra ou prepara a quantidade mais exata de alimentos que você irá consumir. Sendo assim, o desperdício acaba reduzindo.

Na hora de congelar as marmitas, as folhas não podem ser congeladas-

Verdade, as folhas não se dão bem com as baixas temperaturas, pois elas murcham, amolecem e há alteração de cor e sabor.

Se o intuito é consumi-las sozinhas elas não devem ser congeladas, mas dentro de um refogado ou dentro de outra preparação, sua tolerância com o frio aumenta.